Administrando o Linux via Windows

Se você já começou a se preparar para compilar suas aplicações servidoras para Linux com Delphi, provavelmente sentiu alguma dificuldade em relação à administração do novo sistema operacional. Tentando lhe ajudar nesta jornada, aqui vai mais uma dica de duas ferramentas muito conhecidas por quem trabalha com Windows e Linux, mas que podem ser novidade pra você: PuTTy e WinSCP.

PuTTy

De uma maneira bem resumida, o PuTTy é um cliente de linha de comando via SSH, isto é, você pode fazer uma conexão segura a um outro computador e rodar comandos nele como se estivesse sentado na frente da máquina. Você pode encontrar mais detalhes página da ferramenta no Wikipedia e, claro, no site oficial: http://www.putty.org/.

Após o download não é necessária nenhuma instalação, pois a ferramenta é standalone, ou seja, basta abrir o exe e usar, o que é muito simples: você informa o host/porta a ser acessado e a clica no botão “Open”. Se for o primeiro acesso a este computador, será questionado neste momento se confia nele e, em seguida, a tela de prompt do servidor acessado já será exibida, obviamente, solicitando que seja feito o login. Se você quiser um tutorial mais detalhado, recomendo este aqui do site TechTudo.

A principal vantagem de usar o PuTTy durante o desenvolvimento é não precisar ficar alternando as telas entre sua VM e Host. A partir do mesmo Windows em que seu Delphi está rodando você consegue executar comandos em seu Linux, agilizando o trabalho 😉

WinSCP

Agora, se você não curte o bom e velho “prompt de comando”, seja por falta de conhecimento ou por viadagem mesmo, o WinSCP vai te agradar bastante! 😛

Brincadeiras a parte, o WinSCP é, de fato, uma mão na roda! Esse cara permite a transferência de arquivos entre computadores pelos protocolos FTP, SFTP ou SCP, além de permitir editar algumas propriedades dos arquivos, como: permissões de leitura, escrita e execução, mas tudo isso de forma visual! Seu site oficial é o https://winscp.net.

Uma vez baixado e instalado, o uso é muito simples. Basta escolher o protocolo a utilizar, informar host e porta a acessar e o usuário e senha de aceso. Ao clicar no botão “Acessar”, uma janela “no estilo Windows Explorer” é exibida:

Dúvidas Frequentes

P: Essas ferramentas são pagas?
R: Não. Tanto o PuTTy quanto o WinSCP são gratuitos e open-source. Você encontra os fontes para download nos respectivos sites oficiais.

P: Vou precisar ficar copiando arquivos manualmente pra rodar minhas aplicações no Linux?
R: Não! Você vai precisar copiar pela primeira vez o “instalador” do PAServer para Linux e, uma vez instalado, a IDE fará toda a comunicação com ele, tal qual é feito hoje para o Mac OS, por exemplo. De qualquer forma, você certamente vai querer fazer seus testes manualmente, ou ainda, vai precisar colocar sua aplicação em produção e, neste ambiente, muito provavelmente não haverá o PAServer instalado 🙂

P: Poderei fazer as compilações sem ter acesso ao Linux?
R: Sim, exceto a primeira! Como a compilação é feita toda pelo Delphi, você não precisará do Linux rodando para isso. Entretanto, será necessário acesso ao Linux (via PAServer) na primeira compilação, para que a IDE copie para o Windows os arquivos necessários (headers das bibliotecas do SDK).

E aí? Alguma outra dúvida? Precisa de ajuda? Se sim, entre em contato! E não se esqueça de interagir: deixe seu comentário e compartilhe nas suas redes sociais 😉

Um forte abraço,

Comments 5

Deixe sua opinião

%d blogueiros gostam disto: